o m-v-f- festival, realizado durante dois dias a cada ano, é o local de encontro da comunidade m-v-f- e do público interessado nas representações estéticas da música. apresentando os mais incríveis e inovadores conteúdos audiovisuais do mundo todo, criteriosamente selecionados por um diverso time de curadores dentro e fora do brasil, as atrações incluem exposições, bate-papos com convidados nacionais e estrangeiros, pré estreia e exibição de conteúdos em tela de cinema, instalações imersivas e música ao vivo.

O m-v-f- 2015 rolou dias 06 e 07 de junho no MIS São Paulo, com a instalação desenvolvida exclusivamente para o festival “Tríptico 1000 Formas de Medo” (1000 Forms of Fear Trypitich), de Sia & Daniel Askill, além da exibição do videoclipe em 360o “Stonemilker” da cantora Björk. A programação de bate-papos e pocket shows contou com os brasileiros Thiago Pethit, Rico Dalasam, Mahmundi, Jaloo, Barbara Ohana e Apollo, além da porto-riquenha radicada nos EUA Nomi Ruiz. O m-v-f- awards premiou as escolhas do público e do júri, neste ano composto pelo diretor britânico Daniel Askill, a diretora executiva da Vrse.works Gamsin Glasson, o cineasta Heitor Dhalia, o jornalista e produtor musical Marcus Preto, e a jornalista e apresentadora Lorena Calábria. Ainda, nesse ano, o m-v-f- organizou  a premiere do documentário “Amy”, em uma parceria com a Universal Music.