o m-v-f- festival, realizado durante dois dias a cada ano, é o local de encontro da comunidade m-v-f- e do público interessado nas representações estéticas da música. apresentando os mais incríveis e inovadores conteúdos audiovisuais do mundo todo, criteriosamente selecionados por um diverso time de curadores dentro e fora do brasil, as atrações incluem exposições, bate-papos com convidados nacionais e estrangeiros, pré estreia e exibição de conteúdos em tela de cinema, instalações imersivas e música ao vivo.

Em sua segunda edição, o Music Video Festival trouxe para o MIS uma instalação fotográfica de Mick Rock, conhecido como “o homem  que fotografou os anos 70”. Rock veio ao Brasil para participar de um talk com o público e também compor o júri da segunda edição do m-v-f- awards, ao lado da cantora Marina Lima, do jornalista Lúcio Ribeiro e da diretora Gandja Monteiro. Os videoclipes finalistas foram exibidos no anfiteatro do MIS nos dias do festival, 29 e 30 de março. Outro convidado internacional do festival neste ano foi o diretor Nabil Elderkin, mostrando seu sensível trabalho para bandas como Bon Iver, James Blake, Travis Scott, entre outros. A programação nacional do festival contou ainda com participações de Rico Dalasam, Banda Uó, Aldo, entre outros, que se apresentaram na área externa do MIS. Outro ponto alto da programação foi o show do diretor e músico francês Woodkid, na Audio SP. A segunda edição do m-v-f- Future Talent selecionou a jovem talento Cristina Steciwik, que, com o apoio da produtora Zola, dirigiu o videoclipe “Catraca” para a Banda Uó.