Luvbites lança lyric videos de Loud Fast Soul, um álbum sobre a brevidade da vida

O mundo não será o mesmo. Isso já estava previsto no álbum “Fast Loud Soul” recém lançado pela banda londrinense, Luvbites. A dualidade do mundo material e o paradoxo entre a essência e a aparência é o tema do disco, em que a sonoridade passeia por várias estéticas: power pop, rock n roll, soul music, indie, disco, remetendo referências de John Frusciante a Elton John.

Uma semana após o lançamento do álbum nas plataformas digitais, a Luvbites cedeu com exclusividade ao site do Music Video Festival os lyric videos das sete faixas, uma criação do diretor de arte Fernando Dalvi, também responsável pela identidade visual mais que maravilhosa do m-v-f- awards 2019 🙂

Fernando trabalha há tempos com a Luvbites. Para o m-v-f-, contou mais sobre o processo criativo dos vídeos, que começou, na verdade, com a participação na criação da capa do disco: “Pouco tempo antes do lançamento do álbum, estava conversando com o Igor sobre estéticas, referências, formatos e sons novos e caímos no papo de como seria o lançamento do Loud, Fast, Soul nas plataformas e redes. Normalmente as bandas tendem a lançar um full álbum com a capa estática. Então porque não fugir do usual e lançar isso com as letras pra galera conhecer? Daí veio a ideia de criar o álbum inteiro, faixa a faixa, em lyric video.”

“Um pouco sobre a estética dos vídeos, eu estava já estudando uma ideia para um clipe da Luvbites em animação, com um pouco dessa linguagem de linhas, neon, glitch, noise, falhas de vhs, texturas que eu acredito ter a ver com o Loud Fast Soul e que vai de encontro com muitas das minhas referências. Então eu uni esse estudo a essa oportunidade e pensando em cada música ser única dentro da sua unidade geral. Em certos momentos as músicas estão em sync com os motions e texturas. Em resumo, o simples tentando ser bem feito, com o brilho que a banda e esse disco merecem”, completa Fernando.

O álbum completo soma um pouco mais de 20 minutos e certamente um jeito bem gostoso de ouvir é com os lyrics. Para assistir, é só clicar na playlist abaixo:

Antes mesmo dos lyric videos, o primeiro trabalho visual deste álbum foi o clipe de “Youthquake” gravado na pedreira de Londrina, dirigido pelo guitarrista e criador da banda, Igor Diniz e Gabriel Zambon. O termo que dá nome à música fora criado por Diana Vreeland, ex-diretora da revista Vogue, e carrega o significado de “juventude” e “uma mudança cultural, política ou social significante provocada pelas ações ou influência de pessoas jovens”. Apesar do termo ter surgido há 50 anos, chegou a ser reconhecido como a palavra do ano em 2017, pelo dicionário de Oxford. E não poderia se encaixar melhor com a Luvbites.