Mulamba alerta para violação de diretos à moradia em videoclipe Vila Vintém, com personagens reais

A banda curitibana Mulamba soma à sua força e poesia musical, imagens de uma realidade periférica no recém videoclipe “Vila Vintém”. A violação ao direito à moradia é o principal tema do clipe dirigido por Cristiano Vaz e Fernando Felix, na Ocupação 29 de Março, em Curitiba.

Por meio de personagens reais, o clipe rebusca um conceito publicado inicialmente (em 1968) pelo filósofo e sociólogo Henri Lefebevre denominado “direito à cidade”, sentido contrário de uma urbanização desenfreada e regulatória que exclui moradia digna, transporte ou emprego para maior parte da população. De certa forma, este conceito encoraja pessoas, como o real personagem haitiano do clipe, a conquistar, construir seu próprio espaço e resistir à repressão do Estado contra o direito da moradia e representatividade urbana.

As ocupações urbanas são exemplos de cidadãos que lutam por direitos. Estas pessoas representadas em “Vila Vintém” ocupam espaços abandonados e ociosos que não cumprem nenhuma função social, e fazem disso suas moradias. Porém, esta luta não se resume apenas ao contexto da casa, mas também por um direito mais amplo, como acesso ao transporte, saúde, educação, isto é, condições dignas de vida sob a ótica da maioria, a classe trabalhadora.

Exclusivamente para o Music Video Festival, Mulamba disponibilizou o making of do clipe. Vejam só: