m-v-f- playlist especial John Lennon by Ricardo Alexandre

Em parceria com o MIS Museu da Imagem e do Som de São Paulo, convidamos Ricardo Alexandre, jornalista musical e curador da exposição “John Lennon em Nova York por Bob Gruen” (fechada no MIS durante o período de quarentena), para fazer uma playlist de clipes clássicos da carreira do Beatle, incluindo alguns póstumos. Vejam abaixo comentários do Ricardo sobre cada um dos clipes e aperta o play para fazer seu dia mais feliz 🙂

Primeira música composta por John Lennon com uma letra mais existencialista. Dali em diante, John se colocaria cada vez mais como personagem de suas músicas.
A música conta detalhes sobre o casamento de John e Yoko e sua lua-de-mel. Somente Paul e John participam da gravação.
John decidiu usar sua imagem para tentar “vender a paz como as celebridades vendem sabonetes” e compôs esse hino pacifista lançado numa campanha mundial contra a guerra do Vietnã.
Primeiro single de John depois do fim dos Beatles, revela toda a dor que a ausência da mãe lhe causava. Psicoterapia em forma de música.
O ativista Tariq Ali a definiu como “o manifesto comunista em forma de música”, uma das canções pop mais famosas de todos os tempos, consegue combinar a doçura da música com a força da letra.
Com uma ajudazinha do amigo Elton John, Lennon consegue chegar ao primeiro lugar da parada de singles da Billboard com uma de suas músicas mais dançantes.
Depois de cinco anos “sabáticos”, John retoma a carreira musical disposto a começar de novo. Um fã perturbado impediu que seus planos se cumprissem plenamente.
Lennon havia acabado de finalizar essa música quando, de volta do estúdio, foi assassinado. Ele toca sua famosa guitarra Rickenbacker pela primeira vez desde o tempo dos Beatles, mostrando como ele e Yoko estavam sintonizados com a new wave da época.
compartilhe