Tagua Tagua fala sobre um futuro atordoante e avassalador em “Preso no Amanhã”

O músico segue um novo caminho explorando percussões brasileiras, ritmos africanos e elementos eletrônicos. Tagua Tagua, projeto solo assinado por Felipe Puperi, prepara mais um EP com músicas inéditas e enquanto o projeto não sai, o músico dá um gostinho do que vem por aí com o videoclipe para a faixa “Preso no Amanhã”.

O lançamento  traduz a atmosfera da música, que fala sobre a dificuldade de se viver o presente, estando sempre lamentando o passado ou preocupando-se com o futuro. Filmado em São Paulo, onde o compositor e produtor gaúcho escolheu viver, em uma casa na Vila Madalena, o clipe apresenta Felipe na pele de um personagem perturbado com as paranoias provocadas por uma vida ordinária. Ao longo do vídeo, ele se vê preso dentro das  loucuras criadas por uma mente confusa e dividida em múltiplas personalidades. Dessa forma, já não consegue mais suportar estar ali, preso no amanhã, em alguém que nem ele sabe mais quem é.

Gabriele Diola assina a direção.

Felipe deu início ao Tagua Tagua em novembro de 2017 com um EP de três faixas intitulado “Tombamento Inevitável”.  Felipe também atua como produtor musical, sendo responsável pelo disco CATTO, de Filipe Catto e pela versão de Johnny Hooker, para a música “Beija-Flor”.

Por Jessica Di Risio
Em 04 de setembro de 2018