Neneh Cherry funde trip-hop e protesto em “Kong”

A moça não está para brincadeira. Um dos grandes nomes da música negra nos anos 80 e 90, a cantora e compositora sueca Neneh Cherry, está de volta!  Para acompanhar a inédita “Kong”, a artista estreou um videoclipe tão sensível quanto a faixa.

O trabalho costura uma sequência de imagens centradas em personagens negras para cantar a história colonial e a atual crise de refugiados na Europa. O vídeo busca retratar o tom real de protesto da canção, com pessoas dançando lentamente ao som dos versos. Há elegância, serenidade e até uma certa tensão nos visuais minimalistas.

A direção é de Jenn Nkiru, conhecida por seu trabalho em “APESHIT” de Beyoncé e JAY-Z.

“Kong” é o primeiro lançamento de Cherry desde “He, She, Me”, de 2015, uma colaboração com Dev Hynes, da Blood Orange.

Por Jessica Di Risio
Em 03 de agosto de 2018