Ava Rocha revela as múltiplas facetas de “Joana Dark”

Pode ser dada, pode ser dark… Pode ser o que quiser!Quem conhece o trabalho de Ava Rocha sabe que cada lançamento é impactante e não foi diferente com “Joana Dark”, single que marca o início de uma nova fase na carreira musical da artista.

No clipe, Ava acorda em uma floresta habitada por entidades femininas surreais. Com muitos elementos de diversas referências folclóricas, o que vemos é um contraste explícito do cinza da cidade de São Paulo com o verde das matas. O registro é bem insano e usa a francesa Joana D’arc como pano de fundo para tratar de temas como o feminismo, a liberação da maconha e bruxaria. Eroticidade, submissão, amor e fogo também se entrelaçam na produção.

O vídeo foi dirigido e montado pela própria Ava. Para quem não sabe, a cantora é filha do cineasta brasileiro Glauber Rocha, conhecido mundialmente por ter sido um dos primeiros brasileiros a ser indicado ao Festival de Cannes e o responsável por clássicos do cinema cult brasileiro como “Deus e o Diabo Na Terra Do Sol” e “Terra em Transe”. Já deu para perceber que talento é uma coisa de família, não é mesmo?

O  álbum “Trança” foi lançado no dia 15 de junho. Mais de 35 músicos participaram do processo de gravação, entre eles Tulipa e Gustavo Ruiz, e Linn da Quebrada. O trabalho vem para suceder “Ava Patrya Yndia Yracema” (2015), que apareceu em vários rankings de melhores lançamentos do ano, inclusive em uma lista de indicações do The New York Times.

Por Jessica Di Risio
Em 25 de junho de 2018